27/02/09

Arame farpado dentro de mim...



Azar...
O arame farpado sempre esteve debaixo da minha pele.
Esteve sempre no mesmo lugar...
Há os que nunca descobrem e vão-se embora.
Mas há os que, na falta de sorte, se cortam cedo.
Cortam o dedo na primeira carícia.

3 comentários:

*flor* disse...

Há sempre uma ponta ao descoberto.

Há sempre gente com falta de sorte.

Há sempre os que persistem e os que desistem.

beijinho*

Carla por dentro disse...

Há quem goste da dor...Poderá ser de prazer?

Paulo Morais disse...

“Há os que nunca descobrem e vão-se embora...há os que, na falta de sorte, se cortam cedo.
Cortam o dedo na primeira carícia.” ...E existem também aqueles mais sádicos, que anceiam teimosamente por sentir o prazer que essa dor possa trazer!